ATENDIMENTO:   (67) 3322-5100    (67) 9 9982-8028
LINHA DE TEMPO DA GENÉTICA ADITIVA

1944 - Laucídio Coelho , acreditando no melhoramento genético como investimento em melhor desempenho e lucratividade , adquire as primeiras matrizes da raça Nelore .

1980 -  Dr. Hélio Coelho  herda parte dos animais do criatório LS , e incorpora também ao seu plantel animais provenientes de outros rebanhos, entre eles a Fazenda Indiana, de Durval Garcia de Menezes, do RJ. No mesmo ano, é pioneiro na implementação de projetos de arroz irrigado com sistema de preservação de barragens nas fazendas Remanso, Cadeado e Passa Quatro, em Rio Brilhante / MS.

1982 - É firmada a primeira parceria com o Centro Nacional de Produção de Gado de Corte (EMBRAPA/CNPGC) , iniciando medições no rebanho utilizando o "Modelo Touro" , com o intuito de promover o melhoramento genético dos touros para uso próprio , e também colaborando com o programa conduzido pela EMBRAPA para avaliação do sistema de cruzamento industrial com diversas raças. Neste projeto, já eram utilizadas biotecnologias reprodutivas , estação de monta e descarte de vacas vazias ou que produziam bezerros abaixo dos critérios desejados . Posteriormente, também foi implementado o critério de que só seriam incorporadas ao rebanho as fêmeas que ficavam entre as 10% melhores de cada ano . Os dados coletados nessa época eram também enviados à ABCZ, para obtenção dos ponderais de ganho de peso da entidade.

1984 - Expande projeto de arroz irrigado para a Fazenda San Francisco, em Miranda/MS.

1991 - Em busca de continuidade ao processo de seleção do rebanho, em 1991 ingressa no Programa de Melhoramento Genético da Raça Nelore (PMGRN) , da USP, atualmente conhecido como Programa Nelore Brasil e conduzido pela Associação Nacional dos Criadores e Pesquisadores (ANCP). Quando da entrada do rebanho no PMGRN, foi o próprio Dr. Raysildo Lôbo, presidente da ANCP, quem conduziu pessoalmente todo o processo de transferência e implantação dos dados na base do programa. Segundo Dr. Raysildo, na primeira avaliação genética realizada após esse ingresso, o rebanho figurou como último colocado no ranking dos criatórios participantes. Porém, após poucos anos, já ocupava as primeiras posições do ranking, tendo inclusive conquistado o certificado de Maior Progresso Genético do programa. Desde então, as informações geradas pelo programa norteiam todo o processo de tomada de decisões no trabalho de melhoramento genético do criatório. Simultaneamente à entrada na ANCP, foi adotado também o uso de touros próprios em novilhas e vacas de primeira cria, a inseminação artificial em 100% das matrizes e a transferência de embriões (TE) , para multiplicação das fêmeas identificadas como superiores geneticamente.

1999 - Sempre à frente de seu tempo, começa o desafio das novilhas da safra 1998 para identificação da precocidade sexual - expondo as fêmeas entre 11 e 14 meses na estação de monta - com médias extraordinárias de prenhez e taxa de reconcepção (85%) na categoria de primíparas. As informações coletadas desde 1999 no rebanho foram primordiais na consolidação da base de dados para o lançamento da DEP para Probabilidade de Parto Precoce (D3P) da ANCP . Confiando na ciência e mirando na redução do intervalo de gerações para aumentar o progresso genético, foi definido que as novilhas fossem inseminadas dos touros jovens destaque da safra na característica precocidade sexual , que acabou se tornando a bandeira da seleção Genética Aditiva.

2003 - Este ano marca a entrada da Genética Aditiva nos leilões de touros, realizando o 1º Leilão de Touros Avaliados do Mato Grosso do Sul . Ainda neste ano, teve início a parceria com a Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS), através do projeto de avaliação da fertilidade de machos com as tecnologias de Ultrassom testicular e medição de níveis hormonais . O touro REM Moyne, um dos grandes reprodutores da história da GA, é o primeiro touro a participar da Reprodução Programada, teste de progênie realizado pela ANCP.

2004 - Início do trabalho em parceria com a AVAL serviços tecnológicos, para avaliação das características de carcaça AOL (área de olho de lombo) e EG (espessura de gordura).

2007 - Começa, em parceria com a UFMS, o trabalho de avaliação e seleção para precocidade sexual de machos , através de ultrassom testicular e análise de viabilidade do sêmen , para identificação e seleção de machos que se tornam púberes precocemente. Além de muitos trabalhos científicos publicados com os dados estimados neste projeto, o pioneirismo da parceria veio a ser precursor da DEP IPM, lançada pela ANCP em 2019.

2008 - Falece em São Paulo o Dr. Hélio Coelho , em 5 de novembro, deixando um imenso legado para a pecuária brasileira. Ainda em 2008, a Genética Aditiva conquista pela primeira vez a liderança do Sumário Geral de Touros ANCP , com o touro REM Norvasc .

2009 - REM Nostauro e REM Noturno surgem como os dois primeiros touros Genética Aditiva a serem coletados em Central , contratados pela Semex.

2013 - É realizada a 1ª análise para medição do Hormônio Anti-Mulleriano (HAM) e Testosterona em machos, novamente em parceria com a UFMS/Grupo GERA. Ainda em 2013, o rebanho ingressa no Geneplus , programa de melhoramento genético da EMBRAPA CNPGC.

2014 - Tradicionalmente considerando a EMBRAPA CNPGC como forte parceira na utilização de novas tecnologias, abraça também a idéia da avaliação genômica , estando entre os pioneiros do projeto Genoma da instituição.

2015 - Eduardo Folley Coelho assume o controle do Grupo Genética Aditiva. O touro REM Caballero atinge recorde histórico de valorização em leilão, tendo 10% comercializado por R$ 425.000,00. Nesse ano, Caballero foi líder dos rankings ANCP e Geneplus, tendo se destacado também na bateria Alta Genetics para venda de sêmen.

2016 - Contratação da empresa Melhora+ Consultoria Genética, para condução e planejamento de todo o trabalho de melhoramento genético, acasalamentos e atividades referentes ao processo de tomada de decisão na seleção do rebanho. Entrada na Prova de Eficiência Alimentar da EMBRAPA-Geneplus , enviando touros a serem avaliados através do sistema Intergado juntamente com representantes de outros criatórios participantes do programa, na Embapa Gado de Corte. Participação no projeto Maciez da Carne da EMBRAPA Cerrados que identificou o gene da maciez na raça Nelore, onde se sobressaiu o touro REM Espião 007 , classificado como número um para esta característica entre os participantes.

2017 - Acreditando na tecnologia da genômica para aumentar a confiabilidade de suas avaliações genéticas , em 2017 são genotipados 100% das fêmeas superprecoces , os tourinhos de produção de sêmen precoce , além dos Touros Reserva Genética e Touros de Central .

2018 - Tem início o projeto de Eficiência Alimentar , com a instalação das baias equipadas com os cochos eletrônicos e balanças de bebedouro do Sistema Intergado , que entre outros dados medem consumo, conversão alimentar, ganho médio diário, informações essenciais para a identificação de animais mais eficientes na relação consumo alimentar/ganho em peso e consequente possibilidade de seleção dos melhores reprodutores para essa característica. As instalações têm capacidade para 256 animais por prova, divididos em 8 currais equipadas com 4 cochos e 1 bebedouro/balança em cada. Todos os machos de cada safra passam por essa avaliação , e os dados coletados são enviados para a ANCP para obtenção das DEPs de eficiência alimentar . Também neste período foi implementada a coleta e acompanhamento das informações de facilidade de parto , projeto desenvolvido pela Melhora+ Consultoria Genética em parceria com a Genética Aditiva e Alta Genetics, onde são coletadas informações que incluem escores para o momento do parto e para o tamanho/formato dos bezerros ao nascimento. Mais detalhes sobre este sistema podem ser encontrados neste artigo .
Ainda em 2018, acontece a primeira participação da Genética Aditiva na Expogenética , em Uberaba/MG, onde expõe animais que viriam a ser comercializados no 1º Leilão Expogenética Genética Aditiva, que obteve 100% de liquidez e ótima valorização dos lotes.

2019 - A convite do amigo e parceiro Eduardo Pinheiro Campos, participa do 1º Leilão de Fêmeas Terra Brava, Camparino e Genética Aditiva , que marcou a primeira participação do criatório na ExpoZebu , em Uberaba/MG. O leilão foi um marco no evento e na história da Genética Aditiva, com o recorde de valorização obtido pela venda da doadora REM Ulícia, mãe de um dos maiores vendedores de sêmen da Alta Genetics, o touro REM Dheef. Em 2019 a Genética Aditiva participa novamente da ExpoGenética, outro grande evento da ABCZ em Uberaba, desta vez com dois pavilhões para apresentação das fêmas que participariam do 2º Leilão Expogenética Genética Aditiva , que se consolidou como uma das melhores ofertas de genética de fêmeas do ano.

2020 - Lançamento do Centro Tecnológico Dr. Hélio Martins Coelho , durante o 1º Dia de Campo Virtual da história da Genética Aditiva.

Genética Aditiva - Pecuária de Precisão
Rua Prof. Luiz Alexandre de Oliveira, 67 - Royal Park
CEP: 79021-430 - Campo Grande / MS
Telefone: (67) 3322-5100
E-mail: vendas@geneticaaditiva.com.br
Todos os direitos reservados © 2020 - Genética Aditiva - Pecuária de Precisão.